24 de maio de 2012

AMOR DO PAI

É complexo e fascinante
Nunca indeciso ou inconstante
Pode ser invisível, porém, não ausente
E quando clamar, nunca será indiferente

Falo o que não pode ser explicado
Penso o que não pode ser imaginado
Sinto o que não pode ser tocado
Conheço o que não pode ser provado!

Quem Ele é? O que Ele faz?

Sua graça é para o meu perdão
Sua misericórdia para me sustentar
Seu poder para minha proteção
Sua bondade para me livrar
Sua sabedoria me levará há uma direção
E sua glória para me honrar

Deus, me ensine!

Não há motivos para temer ou desconfiar
As circunstâncias não devem me levar a reclamar
Quando servir, com tudo irei me dedicar
Ao próximo, com qualidade e intensidade irei amar
E toda a lealdade e o coração irei lhe entregar