17 de setembro de 2010

OBRIGADA SENHOR

Pois,

Independente do meu querer
Tu és consolador.
Independente do meu obedecer
Tu és confrontador.
Independente do meu entender
Tu és justo.
Independente do meu perceber
Tu és cuidadoso.
Independente do meu merecer
Tu és gracioso.

Independente do meu escolher
Tu és redentor.
Independente do meu reconhecer
Tu és fiel.
Independente do meu olhar
Tu és presente.
Independente do meu sentir
Tu és carinhoso.
Independente da minha dor
Tu és poderoso.
Independente do meu alegrar
Tu és bondoso.
Independente do meu confiar
Tu és maravilhoso.
Independente do meu cantar
Tu és majestoso.

Independente de tudo
Tu és Deus.

Obrigada!


Viviam Paizam